segunda-feira, 18 de novembro de 2013


A tempestade já passou

26

A tempestade me trouxe a calmaria e no meio dessa guerra toda, acabei encontrando minha paz. Essa tempestade lavou minha alma e o vento levou-me a trilhar novos caminhos e fazer renuncias distintas. Logo eu que já estava acomodada nessa rotina, fadada a viver nesse cotidiano artificial? Meus limites eram limitados, pois meus medos eram muitos. E hoje eu posso dizer “eram”, pois já não sou fruto de fragmentos e nem de lembranças dolorosas que me trazia a angústia e tão pouco os dias cinzas.

Posso estar ainda tentando assimilar em que me tornei, mas, o que de fato me importa é para onde estou indo, meus limites desencadearam a uma busca sem fim, almejo encontrar a Kassya que perdi no passado, um “eu” que foi desligado de suas emoções sem querer e querendo foi.

Minhas renuncias são nada mais que me encontrar, desde que você me desorientou me deixando sobre o mesmo chão, sem chão. Me tornei o desejo oculto de alguém apático, desde que você se foi ou ficou sem ir, deixou pairar a solidão a dois. Então acreditei que o cinza poderia ser minha cor favorita, que o “talvez, pode ser, tanto faz” poderia ser a resposta para tudo, não importava a pergunta, eu não queria responder.  

Não me importava, parei de me importar. Porque achei/achava que assim como você tinha me deixado, todos que se aproximassem de mim iriam cedo ou tarde fazer o mesmo, então talvez seja por isso que meus sentimentos se tornaram platinados. (Eram), mas, dessa vez não é sobre você, dessa vez não. Finalmente voltei para direção certa e para isso acontecer precisei te perder para me encontrar, eu não era feliz quando estava contigo, mas, fiquei péssima quando você se foi.

Porque me fiz acreditar que estar com alguém (feito você) era preciso. E não, não é, você foi importante em um tempo e esse tempo já não existe. Depois que deixaste aquele adeus pairar no ar, precisei tomar uma decisão: ficava pairando eternamente com sua despedida ou fazia daquilo uma historia, uma boa historia.

Resolvi aguentar as dores e as dores me aguentaram. Então, teve um dia que a lua desfez o eclipse e o sol tornou a sorrir, e foi aí que eu vi que a espera tinha acabado e eu já poderia seguir.  E cara, eu segui, segui sem parar e eu posso dizer que estou aprendendo a usar as asas que me deram, sorria,pois tem alguém lutando.





26 comentários:

Jullya Enrique disse...

Nossa que lindo
jubsenrique.blogspot.com

Fábio Murilo disse...

Essas coisas coração são complicadas mesmo. É a eterna luta entre razão e emoção.

http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

Adriana Leandro disse...

Que lindo. As renúncias são difíceis e podem nos transformar. Bjus!

galerafashion.blogspot.com.br

Lulu on the Sky disse...

Depois de sobreviver a tempestades, a gente descobre o quanto somos fortes
Se tiver algum muso pra sugerir, pode indicar lá no blog.
Big Beijos
Lulu
http://luluonthesky.blogspot.com.br

Thayse Stein disse...

Que bonito o texto, Kassya, ele transmite esperança e faz a gente torcer pela pessoa que está narrando.


Beijos
Brilho de Aluguel

Suzana disse...

Cara eu me vejo completamente nesse texto!! *-*

princessandfashion disse...

Adorei seu texto! de certo modo, me fez sentir muito otimista!
abraços

http://princessandfashion.wordpress.com

Elder Ferreira disse...

"Quando a chuva passar, quando o tempo abrir, abra a janela e veja eu sou o sol." Tá, parei. Mas enquanto lia seu texto lembrei da música. Por sinal, parabéns pela escrita e continue superando as tempestades :)

Um abraço,
http://oepitafio.blogspot.com/

Just me disse...

Lindo texto! Acho que temos q nos valorizar a todo custo, nossa felicidade não pode e nem deve depender de uma outra pessoa!!!
Bjs

http://achadosdamila.blogspot.com.br/

Gih disse...

Lindo seu texto,
me lembra um pouco Vampire Diaries, quando os vampiros desligam a humanidade
kisses

Gabriele Santos disse...

Lindo texto.
Eu acho lindo quem curte a dor por um tempo e depois se desvencilha dela.
Faz a desilusão entrar, tomar um chá, mas depois pedir para que se retire.
Adorei tua forma de escrever.
http://www.viciodiario.com/

Alzileide Mendonça disse...

uau, quanto sentimento num texto só! parabéns!

www.deliriosdepaty.blogspot.com
www.facebook.com/deliriosdepaty
instagram: @deliriosdepaty

Simples e Agradável Blog (Pamela Paz) disse...

Depois das tempestades, sempre vem a calmaria. Ser forte para superar é o importante.

http://simpleseagradavel.blogspot.com.br/

Stephanie disse...

É sempre assim, depois que o pior passa conseguimos enxergar tudo com mais calma e clareza!! Ótimo texto :)

Querida, o SORTEIO de Natal do Lola! está no ar repleto de prêmios maravilhosos da M.A.C, L´oréal, Aussie e Victoria´s Secret. Venha participar, além de super fácil, serão duas sortudas, hem :) Espero você e suas leitoras!!!

Beijinhos, Té
bloglola.com.br

TOM MORAIS disse...

Dá um alívio né, quando toda a dor passa e você percebe que as coisas estão mudando para melhor! Adorei o texto.
cronicasdeumlunático.blogspot.com

Sarah Leticia disse...

Depois da tempestade , só vem alegria :)
www.sonhando-porai.blogspot.com

Raissa Amaral disse...

Lindo texto! Consegui me enxergar nele! Parabéns!

osdetalhesdeumavida.blogspot.com

Marijleite disse...

Muito bom seu texto. Por mais que seja difícil no início seguir em frente ao deixar uma pessoa que não nos acrescentou nada de bom, faz bem continuar o caminho, mesmo sozinho.

petalasdeliberdade.blogspot.com

Gabriela Gomes disse...

Lindo demais o texto! Adorei, ficou perfeito.
www.espacegirl.com

Leidiana Pereira disse...

Você escreve muito bem, sabe fazer um bom uso das palavras, amei o texto!
Me identifiquei com o texto, ainda mais numa situação que vivi recentemente. Ainda bem que a tempestade se foi e hoje veio o Sol. ^^
Beijos minha linda. ♥

Re_becah disse...

SEGUIR! é isso aí ;)

Muito obrigada por comentar no meu blog!
Sempre que atualizar me mande um recado no meu blog, que virei aqui comentar! Fica mais fácil para eu não esquecer e sempre estar aqui mantendo contato! ;)

Beeeijooos, @re_becah

blogdareh.com.br

youtube.com/blogdareh

facebook.com/blogdareh

Raquel disse...

depois da tempestade sempre vem o que, né? :)

aprendizado, graças a Deus!!

Jamille Lemos disse...

adoreiiiii, texto lindo e fazendo ter ideias.. mais é assim q aprendemos
bju

http://aieuvivantagem.blogspot.com/

Elcimar Reis (AndyReis) disse...

Primeiramente adorei o texto, e depois, concordo esses momentos não são fáceis.

ACESSO PERMITIDO. <3
http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

Brunno Lopez disse...

Mudar e seguir é o caminho mais sensato para as melhores resoluções da vida.

Lucca disse...

Gostei bastante do texto ^^
BJO Lucca
Novo post no blog, dá uma olhada.

-Vitamina de Pimenta-

vitaminadepimenta.blogspot.com.br

Postar um comentário

Leia o post antes de comentar. Obg e volte sempre ;)

Receba os post por Email

Visitas